descubra em qual mão usar cada um dos tipos de anel

Descubra em qual mão usar cada um dos tipos de anel

As alianças surgiram há muitos séculos, como um símbolo do casamento. Na época, acreditava-se que no quarto dedo da mão esquerda passava uma veia ligada ao coração. No século IX, a igreja adotou o simbolismo da aliança para os casais, instituindo, até hoje, o uso da joia no dedo anelar esquerdo.

A nossa relação com as alianças de compromisso é histórica, e o uso de anéis, que simbolizavam, entre outras coisas, poder, já era mencionado por Aristóteles no ano 350 a.C.

Tradicionais, os anéis têm usos diversos e algumas regras próprias. Para ajudar a tirar suas dúvidas, confira neste post como e em qual mão usar cada um dos tipos de anel:

Anel de 15 anos

Um dos nossos ritos tradicionais passa pela debutante. Aos 15 anos, a menina é apresentada para a sociedade, momento em que se considera que ela vira mulher. O anel de debutante, presente dos pais, simboliza essa passagem da infância para a vida adulta.

No francês, a palavra “débutant” significa “iniciante”. Ou seja, essa tradição é um rito de iniciação da então menina. O anel é um marco dessa passagem de criança à mulher-feita. É também a primeira joia que a aniversariante passará a possuir, um sinal de maturidade e seriedade.

Um modelo tradicional é o solitário de brilhantes. É uma peça clássica que permanece elegante com o passar das gerações, símbolo de romantismo e delicadeza. Ao mesmo tempo, a joia traz um diamante, a pedra mais resistente e valiosa. Com esse anel, a jovem se sentirá confiante e preparada para sua trajetória. A recomendação é que ela seja usada no dedo anelar ou no dedo médio da mão direita.

Anel de formatura

O uso do anel de formatura data do século XIX. A joia simboliza honra e orgulho pela conclusão do curso, pela faculdade em que se estudou e pela carreira escolhida. Ao longo do tempo, o anel passou por mudanças e atualmente não carrega mais o emblema da escola, e sim da profissão. A pedra atualmente é padronizada pela área de atuação.

O costume é mais disseminado em outras partes do mundo, como nos Estados Unidos, mas ainda tem seu espaço no Brasil. Muitas pessoas ainda fazem questão de, pelo menos, guardar o acessório.

Se você se interessou e pensa em usar um, a indicação é para o dedo anelar da mão esquerda. Acredita-se que o dedo anular é regido pelo Sol, portanto o anel é usado nesse dedo para trazer sucesso e brilho à vida profissional que o indivíduo almeja. O importante é que seja um símbolo de conquista e traga sorte e boas energias!

Se interessou? Confira os diferentes tipos de anéis de formatura e conheça a linha da DiOuro Joias para formaturas.

Anel de compromisso

O anel de compromisso, como o nome diz, ressalta a união, fidelidade e a vontade do casal de registrar a vontade de levar o relacionamento para o próximo nível. Muitas vezes, esse anel funciona como um “aquecimento” para um futuro noivado.

Geralmente feitos de prata, os anéis de compromisso costumam ser mais discretos e muitas vezes possuem registros gravados como o nome dos namorados ou uma data especial.

Assim como a aliança de casamento durante o período de noivado, a aliança de compromisso deve ser usada no dedo anelar da mão direita. Na ocasião do noivado, ela deve ser substituída pela então aliança de noivado oficial.

Anel de noivado

Item luxuoso, geralmente confeccionado de ouro branco 18 quilates ou de platina, com diamantes, o anel de noivado está conquistando cada vez mais as noivas e noivos brasileiros.

Em muitos lugares como nos Estados Unidos e na Europa, o anel de noivado costuma ser um investimento bem robusto. Para pedir a mão das noivas, os noivos costumam procurar por anéis com muitas pedras preciosas e brilhantes. Quando maior e mais valioso o anel, mais a noiva conseguirá se destacar e despertar a atenção das amigas.

Depois do pedido de casamento, a recém-noiva deve usar o anel no dedo anelar da mão esquerda. Isso só muda depois do “sim”, no altar, quando a joia vai para o dedo anelar da mão direita ou permanece na mão esquerda, presa pela aliança de casamento. Tradicionalmente, quando a proposta envolve apenas o anel de noivado, o noivo não usa nada nas mãos até estar casado.

Existe ainda um modelo próprio de anel, chamado meia aliança. Ele tem diamantes cravados em apenas metade da peça. Esse anel, especificamente, deve ser usado no anelar da mão direita durante o noivado e então passar para a mão esquerda no dia do casamento.

A tradição do anel de noivado vem de longa data. O costume foi introduzido há muito tempo, no século IX, por decreto do papa Nicolau I. Ele determinou o uso do anel como obrigatório, uma forma dos noivos assumirem publicamente seu compromisso. Assim, no momento do casamento, o anel passa da mão direita para mão esquerda, que fica mais próxima do coração. Desse modo, o compromisso é selado em definitivo.

Anel aparador

O anel aparador foi tradição por muito tempo, até cair no esquecimento. Hoje em dia, ele volta com tudo de uma forma reinventada e renovada e virou tendência entre as noivas que curtem o vintage.

É um anel que se usa junto tanto com a aliança de casamento ou noivado, no mesmo dedo, e até pode vir acompanhado ao anel de compromisso. Ele não possui um valor especial, é apenas um acessório que acompanha as alianças oficiais para dar mais charme ou destaque as mesmas.

Uma função muito comum desse anel é, como o nome diz, aparar a aliança. Ou seja, caso ela esteja mais solta no dedo, ele impede que ela caia. É um recurso útil quando não é possível ajustar a aliança. Neste caso, a noiva deve usar sua aliança e depois por cima dela o anel aparador, garantindo o arranjo. Muitas noivas também gostam de usar dois anéis aparadores, só que nessa situação a aliança fica no meio entre os dois.

O design do anel aparador depende da aliança. O ideal é deixá-la brilhar e optar por itens mais discretos. Se a aliança for muito simples, o aparador pode ter um brilho ou uma pedraria para dar mais graça ao conjunto.

Alianças de casamento

No Brasil, as propostas de casamento são tradicionalmente feitas com alianças, as mesmas que devem ser usadas pelos casais para simbolizar o matrimônio. Confeccionadas em ouro amarelo ou ouro branco 18 quilates, as joias são clássicas e muito comuns entre casais.

Os noivos devem usar a aliança no dedo anelar da mão direita durante o noivado. Alguns dias antes do casamento, as alianças são levadas para um joalheiro, onde será gravada a data do casamento. Na cerimônia, os anéis voltam às mãos do casal, dessa vez no dedo anelar da mão esquerda.

Desde tempos longínquos da história, o homem usa anéis para simbolizar os laços de matrimônio. O círculo é símbolo da eternidade, pois ele não tem começo nem fim. Esse simbolismo marca a intenção das uniões serem duradouras.

Foram os gregos que descobriram as leis do magnetismo, e esse fato acabou influenciando na tradição do uso do anel de casamento. Acreditava-se existir uma veia localizada exatamente na mão esquerda no terceiro dedo que estaria diretamente ligada ao coração.

Usando essa lei da física a seu favor, os amantes passaram a usar um anel de ferro imantado neste dedo, para que seus corações permanecessem atraídos um pelo outro para sempre. Super romântico. Posteriormente, os romanos adotaram a tradição, até que o Vaticano validou o costume.

Depois de descobrir em qual mão usar cada tipo de anel, saiba como escolher o tamanho do anel ideal para seu dedo.

  • Bruno A B Pereira

    e o anel de juiz?

  • João Rosa de Castro

    Olá, Vladisson. Comprei um anel de formatura na diouro e em breve usarei também o de casamento. Usam-se os dois no anelar esquerdo? Por favor responda em joaorosaun@uol.com. obrigado.

  • Cristais Brasileiros

    Temos visto que muitas pessoas tem PEDRAS, OURO E JOIAS e não sabem o seu tipo, valor e nem para quem vender os mesmos.
    Assim, se precisar podemos te ajudar a IDENTIFICAR e também em VENDER o que possui pelo melhor valor.
    Entre em Contato por e-mail: cristaisbrasileiros@gmail.com ou Whats: (054)99627-6129.

  • Jose Machado Dantas

    anel episcopal (em que dedo usar)