investir em joias

Entenda por que investir em joias pode ser uma boa ideia

Quando falamos em joias, a grande maioria das pessoas associa essas peças à ornamentação pessoal. No entanto, as joias podem ser também uma excelente oportunidade de investimento. A durabilidade, o valor do material e até mesmo o design das peças faz das joias uma opção para quem busca diversificar seus investimentos de forma segura.

Ainda se perguntando por que investir em joias? Acompanhe o nosso artigo e conheça os principais motivos que tornam esses acessórios preciosos uma ótima opção de aplicação financeira!

Valorização

Diferentemente de outros bens materiais, as joias têm um diferencial muito positivo: não se desvalorizam. Enquanto o retorno de investimento em um carro, por exemplo, sempre será menor do que o total investido inicialmente em função de seu uso, uma joia, ainda que usada durante anos, não se desvalorizará. Além disso, existe uma preservação do poder de compra com o investimento em uma joia, visto que seu valor não é influenciado pelas variações da inflação.

Outro ponto favorável é que o investimento em joias não te deixa à mercê do mercado (como ocorre com um investidor de ações, por exemplo) o que torna esse tipo de aplicação muito segura. Vale lembrar também que os valores das joias sobem bastante em tempos de crise por conta do preço do ouro que, na maioria das vezes, tende a crescer nesses momentos.

Bem de família

As joias carregam consigo tradições familiares e, portanto, esse investimento ficará no seio da família por muitas gerações, valorizando-se ainda mais como o passar do tempo.

Além de ser um investimento financeiro, há um valor sentimental com as peças que faz com que sejam mais preservadas. Isso previne que sejam feitas transações comerciais desvantajosas, pois não se trata simplesmente de um bem material, mas uma herança que envolve a história da família.

Aluguel e liquidez

O mercado de aluguel de joias vem crescendo muito nos últimos anos, o que faz com que o investimento em joias seja ainda mais vantajoso: alugar as peças é uma boa maneira de reaver rapidamente o valor investido e lucrar. O público que busca por esse tipo de serviço é amplo e diferenciado, e quanto mais conservadas forem as suas peças, maior será o preço cobrado pelo aluguel. Vale lembrar que a quantidade de vezes que a peça for alugada não desvaloriza a joia.

Facilidade de transporte

As joias têm uma incrível facilidade de transporte, diferentemente de bens imóveis, como salas e apartamentos. Sendo assim, caso seja necessária uma mudança de endereço repentina, é muito fácil levá-las consigo ou vendê-las. Já os imóveis, além de não possuírem a vantagem da mobilidade, envolvem uma burocracia muito grade e dispendiosa para a venda ou transferência.

Um anel, por exemplo, que é uma peça de fácil transporte, pode alcançar um valor altíssimo de acordo com o seu material e design. Pedras preciosas também são peças de transporte fácil e discreto, e seu valor não depende do tamanho reduzido, mas de sua raridade, como é o caso dos diamantes, por exemplo.

Garantia

Por fim, as joias como investimento também podem ser usadas como garantias. Caso haja um momento de dificuldade pessoal, as joias podem ser oferecidas como garantia em empréstimos, reduzindo consideravelmente os juros desse tipo de transação financeira.

Quer ler mais sobre o mundo das joias? Dê uma olhada nesses artigos:

Diamantes e brilhantes: saiba a diferença entre eles e todo o simbolismo que eles envolvem
Ouro e suas ligas
Pérolas: saiba tudo sobre uma das joias mais clássicas de todos os tempos
7 situações que podem danificar suas joias de ouro
6 dicas para comprar joias online

Joias são excelentes bens para se investir, principalmente pela segurança que esse investimento traz para o investidor. E então, está pensando em investir em joias? O que você pensa sobre o assunto? Deixe um comentário e aproveite para conhecer as peças da DiOuro!

diouro joias